Project Description

Recuperação de Áreas Degradadas – 24 Horas

Conteúdo

  • Recuperação de áreas degradadas: meios físico e biótico;
  • Conceitos básicos relacionados à degradação ambiental;
  • Legislação sobre áreas degradadas;
  • Recuperação de áreas degradadas e o licenciamento ambiental;
  • Premissas: contexto de impactos ambientais e áreas degradadas;
  • PRAD (Plano de Recuperação de Áreas Degradadas): contexto e aplicações;
  • Áreas degradadas – meio físico:

a. Técnicas básicas de recuperação de áreas degradadas;

b. Exemplos/estudos de casos de áreas recuperadas;

  • Implicações das áreas degradadas no meio socioeconômico;
  • Áreas degradadas – meio biótico:

a. – Conceitos;

b. – Regiões bioclimáticas do Estado de São Paulo;

c. – Sucessão ecológica;

d. – Restauração Florestal;

e. – Áreas degradadas e áreas alteradas;

f. – Métodos utilizados na recomposição da cobertura vegetal;

g. – Estratégias de restauração;

h. – Manejo de florestas implantadas;

i. – Métodos de estudos de vegetação;

j. – Indicação de distribuição das espécies;

k. – Projeto de recuperação de área degradada.

Objetivo

O objetivo principal desse curso é apresentar os principais aspectos técnicos relacionados à recuperação de uma área degradada, por meio de uma abordagem de visão multidisciplinar, contemplando principalmente a estabilidade geotécnica e o controle de processos erosivos (meio físico) e a regeneração dos processos ecológicos (meio biótico).

Público-Alvo

Profissionais de nível superior e técnico, representantes de empresas que necessitem de entendimento introdutório dos aspectos técnicos de recuperação de áreas degradadas. Consultores e Gestores, do setor público e privado, envolvidos nos processos desta temática.

Justificativa

De acordo com a nossa legislação, quem explorar e degradar os recursos ambientais deve ser obrigado a recuperar o meio ambiente com o emprego de técnicas adequadas.

Diante do grande número existente de áreas já degradadas e em processo de degradação, decorrentes de diversas atividades e intervenções, tais como mineração, obras civis de infraestrutura, atividades agrícolas, entre outras, a recuperação destas áreas torna-se um fator preponderante para o meio ambiente.

Saiba como identificar as principais características de áreas degradadas, de modo a analisar quais os principais problemas que devem ser solucionados e decidir as melhores técnicas a serem empregadas para a recuperação destas áreas

Instrutores

Dr. Adriano Akiossi, geólogo pela UNESP – Rio Claro/SP, especialista em Gestão Ambiental pela Faculdade de Engenharia Mecânica da UNICAMP, e Doutor em Geociências e Meio Ambiental pela UNESP – Rio Claro/SP. É consultor especializado na coordenação de projetos de licenciamento ambiental, estudos ambientais, viabilidade ambiental, supervisão ambiental, entre outros, atuando na gestão de equipes multidisciplinares em empreendimentos relacionados a rodovias, mineração, indústria, loteamento, linha de transmissão, dutos, entre outros. Atuou nas empresas Geotec, ERM e Conestoga-Rovers Associados. Atualmente é Sócio-Diretor da empresa A360 Geologia e Biologia Ltda.

M. Sc. Finê Thomaz Rocha, Biólogo, Mestre em Ciências Florestais pela Universidade da São Paulo – ESALQ/USP (Manejo de Ecossistemas Florestais). Especialista em Tecnologia da madeira pela Japan International Cooperation Agency, em Nagoya – Japão. Trabalhou como Pesquisador Científico do Instituto Florestal da Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SMA/SP, com projetos nas áreas de Levantamento, reconhecimento e inventário florestal e anatomia e identificação de madeiras. Tem experiência na fiscalização de empreendimentos em fase de Licenciamento Ambiental e implantação e monitoramento de projetos de recuperação de áreas degradadas, além de grande interesse em meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

Dr. Sonia Margarida Csordas, Geógrafa pela USP, mestre em Geologia Geral e Aplicada pela USP e pós graduada (Doutorado) em Geologia e Meio Ambiente pela UNESP. Possui experiência profissional em mapeamentos do meio físico, elaboração e coordenação de Estudos de Impacto Ambiental, elaboração de estudos de Planejamento Físico – Territorial em diversos projetos, elaboração de estudos geomorfológicos para projetos, estudos de uso e ocupação do solo e planos de manejos de unidades de conservação. Atuou como coordenadora técnica de programas de manejo de bacias hidrográficas e planos de manejo de parques e coordenadora de estudos de Avaliação de Impactos Ambientais. Coordenadora e executora de licenciamentos ambientais de projetos polêmicos e complexos. Atualmente é consultora especializada na coordenação de equipes multidisciplinares para estudos ambientais e de projetos de Sistemas de Gestão Integrada e assessora para avaliação estratégica ambiental de empreendimentos. É sócia-diretora da empresa de consultoria Manancial Projetos e Consultoria Ltda

INSCREVA-SE

Contato


Telefone:
(11) 97304-8451
E-mail: treinamento@edutechambiental.com.br

Data e Horário

Local

Av. Paulista, 807 – Bela Vista – São Paulo
12 ° Andar Sala Ellu